COLMAR – UM CONTO DE FADAS

0

A CAMINHO DE COLMAR

0

A distância entre Strasbourg e Colmar é de apenas 1 hora, mas a estrada principal não reserva tantas surpresas quanto seguir pela rota dos vinhos e a vantagem de se estar de carro, é essa flexibilidade de ir parando onde bem entender.

000000

Pode-se visitar alguns vilarejos ao longo da rota, antes de chegar a Colmar. Na verdade, deve-se ter reservar uns dois dias para fazer esse trajeto, pois, as cidadezinhas são tão encantadoras, que dá vontade de parar em quase todas!

Rota dos Vinhos da Alsácia:

0

Três cidadezinhas fofas entre Estrasburgo e Colmar:

Entre planícies e montanhas, Alsace tem muitas aldeias charmosas. Muitas dessas pitorescas vilas podem reivindicar o rótulo de “mais belas aldeias da França”. Estas jóias são frequentemente constituídas por antigos baluartes medievais, becos tortuosos, winstubs,  casas em enxaimel, ruas de paralelepípedos e igrejas medievais.

As vilas ao longo da Rota dos Vinhos da Alsácia, tornaram-se famosas e atraem muitos visitantes. Enoturismo é uma tradição antiga na Alsácia, e muitas aldeias, comemoram em Outubro, o fim da colheita da uva, com festivais de vinho.

São elas: Ribeauvillé, Riquewihr e Kaysersberg.

Elas ficam uma ao lado da outra e leva-se de uma a três horas para visitar cada uma, dependendo do tempo disponível.

O bom dessas cidadezinhas em comparação a Colmar, é a quantidade pequena de turistas. Dessa forma, aproveita-se mais os cantinhos, sem precisar dividir com tanta gente.

RIBEAUVILLÉ

01

É uma cidade medieval localizada no coração do vinhedos da região francesa da Alsácia. Fica distante apenas 15 km de Colmar, próxima da fronteira com a Alemanha. Riquewihr é classificada entre as “aldeias mais bonitas da França”, daí o seu nome “Pérola do vinhedo da Alsácia”.

01,,..

Parte do lugar é cercado por muralhas, tornando a vila um verdadeiro museu ao ar livre. Vale a pena dar uma esticada neste vilarejo medieval.

0.

Essa vila charmosa localizada entre parreiras e montanhas, já existia desde a época medieval. Foi batizada como Ribeauvillé devido aos Senhores de Ribeaupierre que dominavam a região.

0

Os Ribeaupierres construíram 3 fortalezas e suas ruínas dominam majestosamente a cidade até os dias de hoje. Todas são acessíveis por trilhas e ficam nas colinas da cidade, são elas:

  • O Saint Ulrich Castle (o mais antig0 e mais importante)
  • O Girsberg Castle
  • O Haut-Ribeaupierre Castle (o mais alto deles)

0.jpg

A Grand Rue, rua principal da cidade, domina a cena com suas lojinhas, restaurantes e ruelas paralelas para nos perdemos e nos apaixonarmos.

0

As vizinhas Riquewihr e Ribeauville são igualmente charmosas e transpiram beleza e harmonia – as pessoas por lá são muito simpáticas e tranquilas. Em setembro/outubro rola uma festa muito tradicional por lá, Fête du Vin (Celebração do Vinho).
01,.

Uma jóia da região, com suas ruazinhas lindas e floridas, suas montanhas e um castelo que aparece em seu topo – não tem como não se apaixonar.

0 France_Alsace_Haut-Rhin_Ribeauvillé_04

O Mercado de Natal Medieval da cidade é fantástico !

0

Uma das coisas mais legais de se fazer em um mercado de natal é descobrir as bebidas e comidinhas que são vendidas por lá. Além do tradicional vinho quente, há barraquinhas que vendem uma espécie de ponche chamado de “Elixir de Noel”, com aroma de laranja e especiarias que sai direto de um caldeirão, para uma charmosa caneca.

00e63e9e00c08b6da458b25b7f527efdb

Além disso, há na praça central da cidade, uma máquina de pressão para fazer suco de maçã, que é servido fresquinho por ali mesmo!

0.jpeg

Agora imagine essa cidade toda decorada com motivos natalinos e totalmente envolvida num clima medieval, com pessoas caracterizadas e fantasiadas com roupas e acessórios dessa época e diversas atrações entre danças e apresentações de música acontecendo a todo momento no meio da cidade!

0

O que mais impressiona, é a dedicação das pessoas, moradores locais ou não que realmente entram no clima e proposta da festa, não estando apenas fantasiados, mas sendo parte de uma grande celebração que visa relembrar a magia dessa época do ano considerando também a tradição de seu povo, sua cidade.

0.jpeg

Em poucos minutos andando pelas ruas lotadas da cidade, consegue-se entender o motivo de tanta gente ser atraída por ela. A cidade de Ribeauville em si é mais uma daquelas que parecem ter saído de um conto de fadas, com ruas estreitas, casinhas de enxaimel coloridas e a vista de um castelo no alto de uma colina acima da cidade.

 

0

Andando pela praça central encontra-se de tudo, até animais como ovelhas e gansos andando no meio da multidão acompanhados de seus pastores.

0

Para quem está de carro a cidade é facilmente acessada a partir dessas localizações:

Colmar (Alsácia): cerca de 22 kms.

Strasbourg (Alsácia): 70 kms.

 

0

RIQUEWIHR

Sempre na lista das cidades mais bonitas para se conhecer na França, a cidade medieval de Riquewihr encanta aqueles que adentram sua muralha.

0maxresdefault

Os tradicionais Macarons de Riquewihr estão por toda parte, é similar ao que chamamos de Bombocado. Compre seu saquinho e saia comendo pelas ruas! O que mais há pelas ruas da cidade? O “quase vinho” é na verdade o vinho branco em sua fase inicial de fermentação, então o nível de álcool é bem baixo e o suco é bem docinho.

0.jpeg

Um dos pontos importantes desse vilarejo é o ‘dolder’, uma torre erigida em 1291 que vigia as muralhas da extremidade superior da cidade e cujo nome significa ‘topo’.

01

Localizada entre os picos das Montanhas Vosges e bem no coração da região vinícola da Alsácia, ela ainda mantém a fama de produzir um dos melhores vinhos da área.

Sem dúvida um museu a céu aberto, a cidade é também famosa por suas casas enxaimel datadas dos séculos XV e XVIII e o Dolder (Torre de defesa do século XIII).

Durante a primavera e o verão ela fica cheia de flores e no natal, ela ganha as luzes natalinas !

KAYSERSBERG

0hqdefault

É um dos vilarejos medievais mais charmosos da França.  Localizado a 11 Kms de Colmar. Um pólo turístico, com ruas de paralelepípedos e algumas das mais belas casas em enxaimel do Renascimento na Alsácia.

Scne urbaine  kaysersberg , Alsace (Fr).

A cidade de Kaysersberg e a sua viticultura foram dominadas pelo castelo, que  agora consiste somente de uma bonita torre redonda. A vista do seu cume oferece um panorama da cidade, o vale do Weiss, os vinhedos e da planície de Alsácia, e além, a Floresta Negra, na Alemanha.

0,,,...;;;

Das três cidadezinhas, Kaysersberg é um pouquinho menos turística que as outras três e nos permite percorrê-la mais calmamente por suas ruelas.

0,,..;;

A rua principal é recheada de casinhas coloridas estilo enxaimel e quando se atinge a altura do rio que corta a cidade, não há quem resista a tirar inúmeras fotos.

O mercado de natal de Kaysersberg é um dos mais populares da região, então fica aí uma razão para conhecer as cidadezinhas fofas entre Strasbourg e Colmar durante várias estações do ano.

0,,..;;

EGUISHEIM

A Europa está repleta de vilarejos quase escondidos das grandes rotas turísticas. Um deles é Eguisheim, com um clima medieval que é bem conservado até hoje em seu centro histórico e está localizada entre colinas cobertas de vinhedos, ao lado da também charmosa cidade de Colmar.

0

Região produtora de alguns dos melhores vinhos da França, a Alsácia deve essa fama a Eguisheim, já que foi ali onde começou o cultivo de uvas no território alsaciano.

France, picturesque village of Eguisheim in Alsace

A cidade foi fortificada no século XIII e seu centro foi construído em círculos concêntricos em torno do Castelo de Eguisheim, que, por sua vez, é cercado por um muro octagonal e data do século VIII.

0

Eguisheim é um pequeno vilarejo com menos de 2.000 habitantes – andando pelas estreitas e belas ruelas da cidade sentimos a calmaria do lugar e, de repente, chegamos a uma praça central com uma pequena feirinha de cogumelos locais e fica numa região produtora de vinho com mais de 330 hectares de vinhedos. A famosa ‘rota do vinho da Alsácia’ passa por lá e essa é uma das mais lindas vilas para ser visitada.

0

E ao redor de uma das praças há algumas cafeterias e restaurantes com suas mesinhas externas e também algumas barracas vendendo especialidades locais como queijos, vinhos e doces.

DCIM104GOPRO

Seguindo o charme das cidades da Alsácia, Eguisheim possui uma arquitetura peculiar com suas ruas estreitas e que exibem fontes e casas antigas e bem coloridas, feitas com molduras em madeira, decoradas com diversos arranjos florais. Desde 1985 a cidade recebe vários prêmios pela decoração floral das casas!

DCIM104GOPRO

Passeie por esse pequeno labirinto e aproveite os restaurantes de alta qualidade da cidade. A vila é pequena mas cheia de detalhes e o ideal é se perder pelas ruazinhas e explorar ao máximo sua atmosfera histórica e peculiar. A sensação de estar caminhando em um cenário de filme ou de livros de contos de fadas é inevitável. Ainda mais se você visitar durante a semana quando não há muitos turistas e as ruas ficam praticamente vazias.

0

Escolhida em 2003 como a ‘Vila mais bonita da França’, Eguisheim faz jus ao prêmio e é uma agradável surpresa! A cidade possui apenas 1850 habitantes (sortudos) e fica numa região produtora de vinho com mais de 330 hectares de vinhedos. A famosa ‘rota do vinho da Alsácia’ passa por lá e essa é uma das mais lindas vilas para ser visitada.
0

Seguindo o charme das cidades da Alsácia, Eguisheim possui uma arquitetura peculiar, com ruas estreitas e circulares preenchidas com casas de madeira coloridas decoradas com diversos arranjos florais e fontes d’água. Vendo uma foto de cima dá pra entender melhor essa questão das ruas circulares! Desde 1985 a cidade recebe vários prêmios pela decoração floral das casas!

0

A vila é pequena mas cheia de detalhes  e o ideal é se perder pelas ruazinhas e explorar ao máximo sua atmosfera histórica e peculiar.A sensação de estar caminhando em um cenário de filme ou de livros de contos de fadas é inevitável. Ainda mais se você visitar durante a semana quando não há muitos turistas e as ruas ficam praticamente vazias.

DCIM104GOPRO

Outra grande atração fica cerca de cinco quilômetros do centro: são os Três Castelos de Eguisheim (“Les Trois Châteaux d’Enguisheim”).

Chamados de Wahlenbourg, Dagsbourg e Weckmund, os três estão um ao lado do outro, na colina Schlossberg e foram construídos entre os séculos XI e XIII. Parte deles foi destruída em guerras ao longo da história. Hoje, restam suas torres principais. Por ser um terreno elevado, a vista que se tem do topo da colina para a planície da Alsácia é incrível. Não longe dali, é possível visitar mais três castelos medievais: Hagueneck, Hohlandsbourg e Pflixbourg.

0

Eguisheim situa-se no centro da Alsácia, no departamento Haut-Rhin, a 7 kms de Colmar. Foi eleita a cidade preferida dos franceses, no resultado de um concurso realizado pelo canal de televisão público France 2. Essa eleição vem, assim, confirmar o estatuto particular que essa cidade possui, pois, ela já havia recebido a designação de “Uma das mais bonitas cidades francesas” em 2003 e em 2006 recebeu a medalha de ouro do concurso europeu “Entente florale”, que distingue as mais floridas cidades da Europa.

DCIM104GOPRO

Essa cidade gerou, inclusive, dois grandes vinhos, o Eichberg e o Pfersigberg, considerados ‘grands crus’. Eguisheim é cercada  pelas ruínas de três castelos.

0

Além de produzir bons vinhos, Eguisheim é também uma cidade que atrai muitos turistas, inclusive no inverno com sua tradicional feirinha de natal. Possui bons restaurantes, lojinhas de artesanato local e claro, docerias e salões de chá onde podemos provar bredalas, Kugelhopf e diversos outros doces típicos da região.

0

(KUGELHOPF)

Procure caminhar sem rumo pelas ruelas dessa simpática e interessante aldeia e aproveite para apreciar a gastronomia local da Alsácia em um dos restaurantes na cidade e claro, não deixe de experimentar o vinho regional.

0

Durante a caminhada pela vila você irá ver:

Um pequeno castelo do século VIII, onde nasceu o Papa St Leo IX ( 1002 -1054).

A Capela de St Leo onde relíquias do Papa St Leo IX estão conservadas. Fica ao lado do castelo.

0

(CAPELA DE ST. LEO)

A Fonte de St Leo localizada logo à frente do castelo e da capela de St Leo é uma das fontes mais lindas da cidade, datada de 1834 com capacidade para 80.000 litros, uma das maiores fontes da Alsácia.

A Fonte do Mercado (1557), classificado como monumento histórico.

O exemplo único de arquitetura civil e militar do século XV com ruas estreitas alinhadas com casas de enxaimel em torno das antigas muralhas.

Os Três Castelos, na colina Schlossberg chamados: Weckmund, Wahlenbourg (ambos do século XI) e Dagsbourg do século XII.

A Igreja de São Pedro e São Paulo, também considerada monumento histórico.

Além desses pontos, há outras fontes d’água espalhadas pela cidade e as ruas e casas são também uma atração à parte.
0B8B6E645-1500-48F9-8241-62A94A28968A

A cegonha é o animal símbolo da Alsácia e é muito comum ver estes pássaros por lá, por conta disso existem tantos souvenir no formato de cegonha.

Distância média entre as cidades:
De Colmar : 7 km

De Strasbourg : 80 km

De Luxembourg : 299 km
De Lyon : 403 km
      Uma das formas mais fáceis de se explorar a Alsácia realmente é de carro. São muitas cidadezinhas e a distância entre elas é pequena. Estando de carro, é possível visitar mais de uma em um dia só ou montar base em uma e aproveitar o dia para conhecer outras.
CHEGANDO A COLMAR
0.

Cortada pelo Rio Lauch e alguns canais, Colmar possui quase 70 mil habitantes e fica a menos de 15 km da Alemanha e a 60 km de Strasbourg. (45 minutos)

A cidade foi gratificada com o título de um dos mais belos vilarejos da França (plus beaux villages de France).

0;;

Fundada no século IX, Colmar já esteve sob o domínio de suecos e alemães, o que se reflete em sua arquitetura. Sua atmosfera de “cidadela do interior” atrai turistas de diversas partes do mundo, sobretudo casais.

0..;;

Em seu Centro Histórico, ou simplesmente Old Town, é possível encontrar edificações restauradas que dizem muito de seus mais de mil anos.

0,..

Era uma das dez cidades que formavam a Decápole da Alsácia. Foi tomada pelo suecos em 1632, durante a Guerra dos Trinta Anos, que a mantiveram dois anos sob controle.

0;;;;
Com 67 mil habitantes, cercada de vinícolas, cruzada por rios, Colmar foi poupada da destruição da Revolução Francesa, da guerra Franco-Prussiana, e da Primeira e Segunda Guerras Mundiais.
0a,,..
O resultado disso é que o centro histórico da cidade é uma verdadeira jóia com mil anos de história: lindo, bem conservado, homogêneo e fácil de caminhar.
0;;;;;;
Na França existe há 50 anos um conselho nacional de cidades e vilarejos floridos (Les villes et villages fleuris) que visa incentivar as cidades a criarem espaços verdes, melhorar a qualidade de vida de seus habitantes e embelezar as ruas com flores.
01
O objetivo é aumentar a coesão social e o senso de comunidade: o cidadão que vive em uma cidade bonita, bem cuidada, sente como obrigação cuidar do bem público e cuida de sua casa para que ela também fique bela, bem pintada, coloca flores nas janelas.
0,,,,,,,,,
O ganho é um aumento no índice de felicidade e um orgulho de viver em comunidade. A atitude das pessoas em sua relação com a comunidade é muito diferente.Eles fazem isso para eles mesmos, é para a vida deles, não é para turistas verem.
0,.
É impressionante como praticamente todas as casas tem flores em quase todas as épocas do ano, pois, são replantadas a cada estação. O efeito colateral é o turismo e por isso é tão gostoso viajar pelo interior da França.
0,,,,,,,

Colmar recebeu a classificação de “Quatro Flores” na escala de “cidades floridas” da França, tendo obtido em 1996 o Grande Prêmio Nacional de Floricultura.

01,,..;;

 

Na entrada da cidade podemos ver uma réplica da estátua em homenagem a seu morador mais célebre. A casa em que morou nos primeiros anos de vida, abriga um museu onde estão seus principais trabalhos.

0......

Colmar é uma cidadezinha francesa linda e encantadora na região da Alsácia e é um dos vilarejos mais importantes na famosa ‘Rota do Vinho’. Uma cidade pacata, tranquila e cheia de beleza por todos os lados – a arquitetura, as flores, os canais.

000000

Foi fundada no século IX. Em 1632, durante a Guerra dos Trinta Anos, foi tomada pelo suecos, que a mantiveram dois anos sob controle. A cidade foi conquistada de volta pelos franceses sob o comando de Luís XIV.

0......

É a terceira maior cidade da Alsácia, depois de Mulhouse e Strasbourg e é um dos destaques da região. Em uma viagem à Alsácia, Colmar é imperdível e  uma das cidades mais lindas, principalmente por causa da sua famosa ‘Petite Venise’: alguns canais rodeados de casas charmosas,  lembrando a famosa cidade italiana Veneza.

 

00C019305-B151-4A2F-84FF-64CC6F1F82E5

A cidade foi gratificada com o título de um dos mais belos vilarejos da França (plus beaux villages de France). Um dos pontos importantes desse vilarejo é o Dolder, uma torre erigida em 1291 que vigia as muralhas da extremidade superior da cidade e cujo nome significa ‘topo’.

0,,,,

A viagem de 365 km de Paris a Colmar pode ser feita pela A5, a A31 e a A33, estradas de alta velocidade. Há, porém, pequenas estradas, onde a velocidade é controlada, mas com direito a paisagens encantadoras.

0.....

Essa área da cidade está cercada por casas no estilo Colombage (semelhante ao enxaimel) e a rua mais bonita e famosa é a Rue Turenne, próximo desta rua é que saem os barcos que percorrem alguns canais de Colmar (barcos a remo por 6 euros – 3 minutos).

0,,,,,,,,

Antigamente, a Petite Venise era a área pesqueira da cidade. O peixe fresco era trazido dos barcos e levado diretamente às lojas na Quai de la Poissonnerie, antigo bairro de pescadores.

Champ de Mars é um parque público e tem grandes áreas verdes com uma fonte central encimado pela estátua do almirante Bruat construído em 1864 por Bartholdi .

 

01

Vale a pena ver também a Pont St. Pierre, onde você poderá ter a melhor vista para o Petite Venise.

0,,,...;;;.jpg

Ao redor dessa área ficam os distritos dos peixeiros (fishmonger’s district) e dos curtidores (tanner’s district).

00

A Alsácia fica na fronteira entre a França, Alemanha e a Suíça e ao longo dos anos a região teve seu controle alternado entre a Alemanha e a França, por isso apresenta um mix das duas culturas como a influência alemã na arquitetura, por exemplo.

0....

Todas as atrações turísticas de Colmar se localizam no centrinho antigo, que não é tão pequeno assim, mas que pode ser explorado facilmente a pé. Ao caminhar pelas ruas do centro antigo de Colmar, repare na arquitetura, nas cores e nos detalhes das casas. É impossível não se encantar. Por alguns momentos pensamos estar dentro de um cenário de filme de conto de fadas.

0..

No centro, as casas seguem a mesma linha arquitetônica, com a estrutura em madeira, fachadas coloridas e floreiras nas janelas. Muitas das ruas estreitas são cobertas por pedras e algumas ladeiam os canais. Nessa região é possível fazer passeios de barco pelos pequenos cursos d’água.

0.

O mercado coberto da cidade é pequeno e aconchegante – vale uma visita para conhecer mais sobre a comida por lá. Há muitos restaurantes, muitas lojinhas com produtos típicos e muitas coisas gostosas pra ir experimentando pelo caminho. Toda a cidade fica ainda mais bonita na primavera, com o colorido das flores.

 

0,

(MERCADO COBERTO DE COLMAR)

Visite este famoso Marché Couvert, que funciona como um Mercado Municipal e é um ótimo lugar para comprar peixes, temperos, flores e principalmente vinhos. Além disso, no mercado é possível encontrar até mesmo alguns produtos brasileiros.
Ele se encontra na entrada da Petite Venise, antiga construção de tijolos, está aberto todas as quintas- feiras e vale uma visita.
0.
Colmar é um exemplo de cidade que é preciso ser explorada sem pressa. Caminhando pela cidade, as paisagens vão se revelando.

000000

Uma das principais atrações da cidade de Colmar é o Museu Bartholdi, casa em que Auguste Bartholdi, o escultor francês e criador da Estátua da Liberdade morou.
0........jpeg

(PÁTIO INTERNO DO MUSEU BARTHOLDI)

Uma hora ou outra você irá dar de cara também com a Igreja Gótica de San Martin, a principal igreja da cidade e considerado monumento histórico francês.

Panorama of the Saint Martin Gothic church in Colmar

Os visitantes podem começar uma turnê de Colmar na Place de la Cathédrale, no coração da cidade velha, onde está localizada a bela Collégiale Saint-Martin (Saint-Martin Collegiate Church), chamada pelos habitantes de La Cathédrale. Originalmente uma igreja gótica que foi em grande parte reconstruída no século XVIII.

0,,,,,

Outro monumento histórico importante na Place de la Cathédrale é o Ancien Corps de Garde (ex-Guard House), criado em 1575. O edifício tem uma sacada na janela, de onde eram anunciadas as decisões do conselho da cidade. É uma jóia da arquitetura renascentista da Alsácia.

0AncienCorpsdeGarde

(ANCIEN CORPS DE GARDE)

Em relação às casas, uma das mais curiosas é a Maison des Têtes (19 rue des Têtes – Colmar) com várias cabeças humanas esculpidas na fachada.

0

O prédio foi construído em 1609, por um rico comerciante de vinhos e é todo decorado com esculturas de 106 cabeças de demônios, animais e querubins, onde hoje funciona um hotel e um restaurante 4 estrelas.

01

O antigo proprietário queria mostrar que era um homem rico e desejava impressionar a quem passava. No topo, há uma escultura feita de estanho assinada por Bartholdi.

0.;

Hotel é charmoso e confortável, muito bem localizado, no coração de Colmar. É um belo edifício renascentista de 1609, os quartos são espaçosos com ar condicionado. Há um pátio interno muito agradável e  um bom restaurante que serve cozinha tradicional e especialidades regionais. Tem estacionamento.

0,

A Maison Pfister é um palacete difícil de não ser notado, uma verdadeira jóia arquitetônica. É um dos símbolos de Colmar, foi construída em 1537 por Ludwig Scherer e também é considerado monumento francês.

 

0........

(MAISON PFISTER)

Localizada na esquina da Rue Mercière e da Rue des Marchands e misturando estilos medievais e renascentistas, este edifício é uma dos mais bonitos e antigos em Colmar. Foi construído em 1537 por Ludwig Scherer, um chapeleiro que fez fortuna.
A frente do edifício é pintada com uma série de imagens bíblicas e figuras alegóricas, estética adotada pela burguesia do século XVI.

 

0,.,.,

A cidade de Colmar é muito famosa também pelo mercado de Natal em dezembro onde a cidade toda fica enfeitada e consegue ficar ainda mais encantadora e na época, ficam abertos até pouco depois do Natal, normalmente até 30 de dezembro.

O vilarejo é banhado pelo rio Lauch e seus canais, local que ficou conhecido, como eu já disse,  como ‘La Petite Venise’.

0,

Colmar consegue ser tanto romântica quanto esplêndida em sua arquitetura, que lembra a época em que a região fazia parte da Alemanha.

0FB5FECC8-F1F3-4A15-94D1-35B7A86D9DAC

Aproveite para fazer o tradicional passeio de barco pelos canais, com duração de trinta minutos, uma das principais atrações da cidade.

FOUNTAIN SCHWENDI

0;;;.

A Schwendi Fountain, representando Lazare de Schwendi, foi construída inicialmente por Frédéric Auguste Bartholdi em 1898, no entanto foi destruída durante a 2ª Guerra Mundial tendo sido mais tarde reconstruída.
000;
Em frente à fonte está um interessante monumento histórico, o Koïfhus, Ancienne Douane (antiga Alfandega). É o mais antigo edifício público local. No século XV este edifício era o centro econômico e político de Colmar.
0,.;.,
Foi acrescentado no século XVI e o telhado foi uma renovação do século XIX.
MUSÉE UNTERLINDEN

0,,...,.;

Localizado em um belo e antigo convento dominicano do século XIII, perto do Centro de Colmar. Possui uma extensa coleção de escultura românica e gótica, pinturas medievais, arte popular e artesanato.

Extension du Musée Unterlinden, Colmar, France

Uma das obras mais dramáticas e belas do estilo gótico é o Rétable d’Issenheim de Mathias GrünewaldUm impressionante mural que representa a crucificação de Cristo, os painéis foram realizados entre 1490 e 1510, graças à encomenda do Monastério dos Antonins d’Issenheim, um dos pontos de parada para a peregrinação até Saint Jacques de Compostella.

0the-isenheim-altarpiece.jpg!Large

(RÉTABLE D’ISSENHEIM – DE MATHIAS GRÜNEWALD)

Algumas obras levam a assinatura do artista alemão Martin Schongauer, que viveu muitos anos em Colmar. Suas gravuras ganharam ampla repercussão na Europa.

0,,,...;;;

(OBRA DE MARTIN SCHONGAUER)

O primeiro andar do museu é dedicado aos brinquedos da Alsácia, móveis e decoração. Adega do convento do século XIII exibe arte contemporânea de Picasso, Léger, Rouault, Mathieu, Vasarely, e Braque.

0,,,,....;;;;

Não é para menos que o museu recebe cerca de 200 mil visitantes todos os anos.

MUSEU DOS BRINQUEDOS

0musee-du-jouet-et-du

O Museu exibe uma extensa coleção, carros de brinquedo, barcos e  trens. Contos de Perrault e Fábulas de La Fontaine, as crianças vão sentir com era a infância da França.

0,,,,....;;;;

O museu também apresenta um programa de computador controlado por fantoche, “A Raposa e da Cegonha”, em um ambiente alsaciano adorável.

End: Rue Vauban, 40

MERCADOS DE NATAL DE COLMAR

0,,,,,,

Funcionam todos os anos do fim de novembro a fim de dezembro. No último ano havia 5 mercados de Natal na cidade, todos identificados com a estrelinha do mapa: Place des Dominicains, Place Jeanne d’Arc, Place de l’Ancienne Douane, Koïfus e Little Venice.

0depositphotos_23607757-stock-photo-christmas-decoration-strasbourg-alsace-france

Em Dezembro, há também outras atividades de Natal acontecendo em Colmar, entre elas os carrosséis vintage, pistas de patins no gelo, roda gigante, além de lojinhas especializadas em decoração de Natal, super charmosas.

0colmar e eguesheir 255

Aliás, tradicionais neste lugar são as bolas de Natal feitas em cristal, produzidas na região. Já pensou colocar uma bola de cristal na sua árvore de Natal?

0,,,.0;;

 

A cidade é pequena e fácil de ser visitada, todas as atrações de Colmar estão concentrados em sua Cidade Velha (Vieille Ville). Colmar deve ser explorada a pé. Há grande variedade de lojas e restaurantes típicos da Alsácia, além é claro, do delicioso vinho, nas tavernas espalhadas pela cidade.

0

Visitas à cidade antiga de Colmar podem ser feitas também com um trenzinho que sai da praça central (com direito a audio guia).

Para se hospedar, não há dúvidas que o centro velho de Colmar é o melhor local. Se  Strasbourg vira um charme com o pôr do sol, Colmar também tem uma iluminação especial nas casas à noite! E além disso, estando no centro você consegue caminhar facilmente para todos os cantos.

0,,.

A Rue des Marchands, como seu nome indica, possui várias butiques e lindas casas.
 

 

ROTA DO VINHO

A Rota do Vinho começa em Strasbourg e termina em Colmar. No meio do caminho, uma dezena e tanto de vilas pequenas e encantadoras.

00000

A Região produtora de vinhos da Alsácia se estende por 110 quilômetros, desde a cidade de Thann, perto da fronteira suíça, até Marlenheim, ao norte, próximo de Estrasburgo. A zona vitivinícola se divide em duas, Alto Reno e Baixo Reno.

01.

Percorrer a “Rota do Vinho”, que corta todo o território e visitar suas encantadoras cidades medievais e seus vinhedos, com todos seus encantos e sua rica vida cultural e gastronômica, é um programa imperdível!

0;

As castas brancas dominam a Alsácia, apenas 8% dos vinhos são tintos ou rosés (geralmente para consumo local) e os restantes 92% são utilizados na elaboração de vinhos brancos e espumantes. São sete variedades de uvas cultivadas na região: Riesling, tida por muitos como a melhor casta branca do mundo é a grande estrela da Alsácia; Pinot blanc, vinhos de aromas agradáveis e discretos; Pinot gris, uva cinzenta e levemente azulada, com ela se produz os vinhos mais encorpados e macios;

0,,,...;;;

Pinot noir, os vinhos são menos concentrados e mais leves que os da Borgonha; Sylvaner, vinhos leves e refrescantes, com aromas agradáveis, frutados e discretos; muito popular na Alemanha, Muscat D`Alsace, o vinho é seco, ao contrário do que acontece com as castas da família da Muscat no sul da França, que são doces Gewürztraminer, tem aroma intenso de frutas (grappefruit, lichia, marmelo), florais e de especiarias (pimenta, canela).

0,,,...;;;

É possível encontrar vinhas centenárias, cuja tradição não se perdeu entre as gerações. Esse é o caso da vinícola da família Beyer, fabricante desde 1580,  na pitoresca vila de Eguisheim.  Madeleine Beyer, gosta de comentar com os visitantes o sucesso do seu riesling, safra de 2002, eleito um dos melhores vinhos daquele ano.

0,,,...;;;

Muitas degustações são gratuitas e é quase impossível sair sem levar pelo menos uma garrafa. Quem optar por fazer apenas um trecho do circuito, pode se focar nos 80 quilômetros entre Colmar e Estrasburgo.

0E76CEEAF-4C5D-4E69-8AA5-42CC2B0C2FF5

Fugindo do visual rústico, a cave Bott Frères, na vila Ribeauville, investiu em uma moderna adega e um programa de visitação bem planejado que mostra da colheita ao engarrafamento.

0,,,...;;;

GASTRONOMIA DE COLMAR

0..;

Independente do período, é sempre época de comer bem. O gostinho da região pode ser saboreado em uma das incontáveis ‘Weinstubes’ – restaurantes onde o vinho é servido em jarras e as receitas típicas são o carro chefe.

0,,,...;;;

Espere encontrar tortas de cebola e de maçã, chucrute, kassler (lombo suíno) e salada alsaciana (com salsicha branca e queijo gruyère).

0,,...;;;

Os Bretzels, uma das especialidades locais, tem a massa fofíssima e aparece em versões doces e salgadas, prove quantos puder.

0..

Há dezenas de restaurantes que servem pratos locais, como o Chucrute e padarias com delícias de encher os olhos.

0,,,...;;;
Não deixe de provar os vinhos produzidos na região da Alsácia, todos de alta qualidade. Você pode comprar produtos locais no Marché Couvert.

Entre as especialidades culinárias, devemos mencionar alguns clássicos: foie gras (inventado em Strasbourg em 1780), o baeckeofe (prato composto por três carnes marinadas e batatas ao vinho branco), o chucrute, o matelote (guisado) Reno o vinho Riesling coq au, a dor d’épices e Kougelhopf (massa brioche adoçada com uvas maceradas em kirsch), sem esquecer queijo Munster.

0,,,...;;;

(BAECKEOFE)

A influência germânica deu um toque peculiar às receitas locais, resultando em uma cozinha em que o ‘foie gras’ e ‘chucrute’ dividem o mesmo cardápio. Esse detalhe garante um tempero especial à já premiada culinária francesa. E  lá se encontra a maior concentração de restaurantes estrelados da França, do Guia Michelin.

0,,,...;;;

(FOIE GRASS)

Além dos mercados, os vinhos são a estrela da região em qualquer época do ano. É possível fazer degustações de vários vinhos produzidos nas redondezas, como o Riesling, Pinot Noir, Pinot Gris, Pinot Blanc, Muscat.

RESTAURANTES:

1 – JY’S –  17 Rue de la Poissonnerie, 68000 Colmar: +33 (0)3 89 215 360 Email jean-yves.schillinger@wanadoo.fr

0,,,...;;;

É um dos restaurantes mais badalados e sofisticados de Colmar, em um casarão na Petite Venise. Tem 2 ambientes, externo e interno, das mesas dá para ver o preparo dos pratos na cozinha. Possui uma estrela Michelin e é um dos melhores de toda a Alsácia.

0,,,...;;;

O sucesso da casa está exatamente na harmoniosa mistura gastronômica proposta pelo chef Jean-Yves Schillinger, nome francês e sobrenome germânico, criativo e cheio de idéias, ele funde as influências que vêm de ambos os lados da fronteira com a Alemanha.

2- L’ATELIER DU PEINTRE – 1 Rue Schongauer : +33 (0)3 8929-5157

0,,,...;;;

Localizado no Centro Histórico de Colmar, também possui  uma estrela Michelin. O restaurante é muito animado, cenário em que chefe Loïc Lefebvre pinta um quadro da moderna gastronomia.

0,,,...;;;

3 – LA TABLE DE LOUISE, 2 Rue Edouard Richard

+33 (0)3 8924-0000

0,,,...;;;

Um pequeno e aconchegante restaurante, com filiais em Strasbourg e em Habsheim, a poucos passos do Centro Histórico da cidade de Colmar. O vinho da casa é muito bom e o cardápio com receitas bem executadas, como ‘fricassée d’escargots com champignons e vitelo ao molho de mostarda’, por exemplo.

4 – LA MAISON DÊS TÊTES – Rue des Têtes: +33 (0)3 8924-4343.

0,,,...;;;.jpg

Restaurante charmoso e agradável, localizado no hotel de mesmo nome, no coração de Colmar. Uma excelente comida. Possui estacionamento próprio.

5 – LE THÉÂTRE – 1 rue des Bains, 68000 Colmar :+33389292929  E-mail contact@restaurantletheatre.net

0,,,...;;;

Em frente ao teatro, este animado restaurante foi relançado em 2010, o ambiente lembra um bistrô antigo. Uma composição contemporânea atraente.

6 – BARTHOLDI – 2 Rue Boulangers, Colmar :+33 (0)3 8941-07 74

0,,,...;;;

Localizado no Centro Histórico, o ambiente é muito agradável e o atendimento muito simpático, os pratos são ótimos e  focados na cozinha tradicional da Alsácia, são bem servidos. A carta de vinho tem várias opções de vinhos também regionais.

7 – RENDEZ-VOUS DE CHASSE – 7 Place de la Gare, Colmar :+33 (0)3 8923-5959

0,,,...;;;

Orgulhoso de sua estrela Michelin desde 2013,  o Chef Gabriel Morel, tendo explorado uma variedade de sabores em Savoie, Côte d’Azur e do Sudoeste da França, se estabeleceu na Alsácia para oferecer um menu requintado, com pratos sofisticados inspirados em produtos locais

8 – LE CHAMBARD – 9-13 Rue du Général de Gaulle, Kaysersberg. ☎: +33 (0)3 8947-1017, 11 Km de Colmar   – Email: info@lechambard.fr

0,,,...;;;

Le Chambard, Relais & Châteaux,  no coração da Alsácia, Kaysersberg, próximo ao charmoso vilarejo de Colmar.  O restaurante possui duas estrelas no Guia Michelin, autêntica gastronomia da Alsácia.

PRATO TÍPICO DA ALSÁCIA: TARTE FLAMBÉE

0,,,...;;;

Ingredientes

  • Para a massa:

  • 200g de farinha de trigo

  • 2 colheres de sopa de óleo

  • 125ml de água

  • 1 pitada de sal

  • Para o recheio:

  • 1 colher de sopa de manteiga

  • 200g de creme de leite

  • 200g de cebolas fatiadas

  • 100g de bacon em cubinhos ou fatias finas

  • Sal e pimenta a gosto

  • Cominho e queijo ralado opcional

Modo de Preparo

  1. Pré-aqueça o forno em temperatura máxima, 250 graus.
  2. Numa vasilha misture a farinha com o óleo, a água e o sal e amasse. Certifique-se q a massa não seja grudenta. Estique a massa com um rolo numa superfície anti-aderente ou enfarinhada.
  3. Faça o recheio:
  4. Derreta a manteiga, acrescente a cebola e refogue por 2 minutos. Acrescente o bacon e deixe fritar levemente.
  5. Montagem:
  6. Espalhe o creme de leite sem soro sobre a massa. Espalhe o recheio. Se gostar de puxar o tempero, tempere com sal, pimenta e cominho. Se quiser polvilhe queijo ralado.
  7. Leve ao forno de 10 a 15 minutos, até q a massa esteja crocante e levemente dourada.
  8. Sirva com salada verde com ovos cozidos.
  9. Outras coberturas típicas:
  10. Creme de leite, azeitonas, tomate e bacon
  11. Creme de leite, espinafre, alho e queijo de cabra ou ovelha
  12. Versão doce:
  13. Creme de leite, maçã em fatias bem fininhas, canela e açúcar

DOCE TÍPICO DE COLMAR: KOUGLOF – (brioche com uvas-passas)

0,,,...;;;.jpg

Ingredientes

  • 20 gr de amêndoas filetadas
  • 50 ml de leite
  • 50 ml de rum
  • 100 gr de uva passa
  • 150 gr de manteiga
  • 15 gr de fermento biológico fresco
  • 2 unidades de ovo
  • 35 gr de açúcar
  • 5 gr de sal
  • 250 gr de farinha de trigo

PREPARAÇÃO:

  1. Misturar na batedeira com gancho, a farinha, o sal, o açúcar, os ovos e o fermento biológico.
  2. Bater bastante para dar elasticidade e corrigir a textura com o leite.
  3. Incorporar a manteiga amolecida e reservar na geladeira por 4 horas no mínimo.
  4. Amassar a massa e incorporar as uvas passas marinadas no run.
  5. Em uma forma de Kouglof untada de manteiga, colocar as amêndoas filetadas.
  6. Modelar e colocar a massa, deixar crescer por uma hora e assar no forno a 170° C.
  7. Após desinformar, polvilhar de açúcar de confeiteiro.
0,

0,,.

0;;;;;

0,,..;

0,,,

0..;;,,

00

0,,

0.;.;.

000

0E76CEEAF-4C5D-4E69-8AA5-42CC2B0C2FF5

01

0....jpg

COLMAR – UM CONTO DE FADAS (clique no link)

https://youtu.be/XqajvpEF6Os

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s