BRAGA – A ROMA PORTUGUESA

A ROMA PORTUGUESA
A9443574-E626-4E84-BF11-0E88EFACE8F6

Braga fica ao norte de Portugal, na região do Minho. Com uma população de 183 mil habitantes, a cidade ganhou o título de Capital Europeia da Juventude em 2012, apesar de ter sua fundação datada do ano 16 a.C.
E92CDD69-97E2-4FBB-BBE9-D70048A0648D
Com uma história muito rica, a cidade portuguesa não está nos principais roteiros turísticos de Portugal, porém, se você quiser conhecer o município, vai se encantar com tanta beleza.
DB0956FB-586B-44F1-95CA-BBFC3664AA80

Considerada uma das cidades mais baratas para se viver em Portugal, Braga tem um custo de vida baixo em relação a outras cidades portuguesas como o Porto e Lisboa, e muito baixo se comparada a outras cidades europeias.
09FB38AF-81F6-476F-AEDC-AC16C4BED158.jpeg

A terceira maior cidade de Portugal, é conhecida por ser uma cidade jovem e tradicional, repleta de lugares para visitar. Esta localidade é caraterizada pelas suas bonitas e calmas praças, numerosas ruelas antigas fechadas ao tráfego rodoviário e uma grande variedade de monumentais igrejas do estilo barroco que relembram os pitorescos costumes religiosos da população local.
CA123464-3F8F-4222-A614-2F2662BD0167.jpeg

Esta cidade é famosa em todo o país, por suas reputadas festas religiosas, mas oferece muito mais do que igrejas barrocas e eventos religiosos, também conta com impressionantes fachadas antigas repletas de cafés bastante animados e largos, com ambientes encantadores, casas históricas referentes ao séc.XVIII e belos jardins.
054F4F70-B30E-4977-81B6-B792AE10AF15

Braga é uma cidade histórica. Os romanos já a chamavam de Bracara Augusta, e durante o século XII era a sede do episcopado português. Entende-se a sua vasta história pelo numerosos monumentos e igrejas, a de maior relevo é a Sé de Braga, uma vez que mostra variados estilos arquitetônicos, que vão do românico ao barroco.
57065D4D-5212-4150-B799-780F0E51A228.jpeg
(A SÉ DE BRAGA)

Alguns dos lugares mais bonitos e emblemáticos da cidade, além da já citada Sé, são a igreja do Pópulo, o Mosteiro do Tibães, a casa e capela dos Coimbras, a capela de São Frutuoso, o Palácio dos Biscainhos, a Casa dos Paivas, o Palácio ou Casa do Raio, a Fonte do Ídolo, as termas romanas do alto da Cividade (eram banhos públicos erguidos no início do século II, mas que só foram descobertas no final dos anos 70. Ficam abertas de terça a domingo, das 9h às 13h e das 14h às 18h. Nos finais de semana o horário é de 10h às 17h. A entrada custa €2), o balneário pré-romano, o Jardim de Santa Bárbara, os jardins e o Santuário do Bom Jesus do Monte, o Largo do Paço e Praça da República.
3ADAD07E-0C36-4E96-A41A-46CCE1E953BE.jpeg
(TERMAS ROMANAS)

A cidade também possui museus interessantes e coleções como o Tesouro-Museu da Sé de Braga, Mosteiro de São Martinho de Tibães, o Museu dos Biscaínhos, o Museu Nogueira da Silva, o Museu da Imagem ou o Museu Pio XII.

As melhores períodos do ano para visitar Braga são o final de Junho, já que de 23 a 24 tem lugar as Festas de São João, quando as ruas se enchem de energia e recriações populares da era medieval, mercados, bailes, fogueiras, fogos de artifício e procissões.
13FC2979-4F7D-405A-B2A0-EF3F81758D9D.jpeg
(FESTA DE SÃO JOÃO)

Outra boa época, é a Semana Santa, uma vez que é uma festividade bastante celebrada nesta localidade. Consequentemente, as celebrações da Semana Santa de Braga são as mais importantes a nível nacional. As festividades começam com cantos gregorianos que se escutam por todo o centro e à noite pode-se usufruir de um ambiente especial, onde a iluminação é feita por velas em altares improvisados. Na quinta-feira Santa tem lugar a Procissão do Senhor “Ecce Homo” e é quando os membros das confrarias desfilam pelas ruas descalços e encapuçados, segurando uma cesta metálica com pinhas a arder empunhadas numa vara, outros, abanam matracas.
241B59E2-40B5-47AB-A061-95A8BCDA05F5.jpeg
(SEMANA SANTA EM BRAGA)

Durante a sexta-feira Santa celebra-se uma missa na Sé, acompanhada de uma impressionante representação drámatica, com cânticos fúnebres que emocionam durante as celebrações.

Na noite de sábado realiza-se a missa da Vigília Pascal, que começa com a Sé totalmente às escuras e acaba com uma mecha de luz e alegria. Para terminar os festejos, no domingo, os habitantes da cidade decoram os parapeitos das suas casas com flores e os sacerdotes percorrem as ruas da cidade abençoando as casas.
A8E36F13-DD58-4CBC-AFB1-9F619F9997B0.jpeg

Na Idade Média, Braga ganhou o título de Roma Portuguesa, porque o arcebispo local resolveu construir muitas igrejas e praças a exemplo da Roma italiana. Com isso, há muitas coisas em Braga para visitar, incluindo os jardins mais lindos de Portugal, espalhados pela cidade, restaurantes e bares interessantes. O melhor é que boa parte das atrações está concentrada no centro histórico, de forma que fica tudo pertinho a pé.
3445D612-763F-4BCE-B04F-8716FB102954.jpeg
(BRAGA NO NATAL)

Comece o seu passeio na Praça da República, uma das praças centrais da cidade, onde também fica o Convento e Basílica dos Congregados, cuja entrada é gratuita. Essa praça é um lugar bem agradável no final da tarde, quando fica cheia de pessoas aproveitando o fim do expediente para relaxar no espaço público.
A3EF99C0-A4EC-452D-A8EE-E8D3D7485E06.jpeg
(PRAÇA DA REPÚBLICA DE BRAGA)

Vá caminhando em direção ao belo chafariz da praça. À sua frente, encontra-se a Igreja da Lapa e alguns cafés tradicionais da cidade. Dá para ver também o topo do Castelo de Braga, que, infelizmente, foi demolido no início do século XX, mas restou a Torre de Menagem.
4D0146FC-D144-4479-B7C1-BBD46DBEABD4.jpeg
(TORRE DE MENAGEM DE BRAGA)

À esquerda estará a florida Avenida Liberdade e o Posto de Turismo da cidade e eu recomendo uma passada para pegar um mapa e informações sobre eventos que podem rolar nesse dia.
91E9DE44-2BD8-410A-A497-6B3A691169DB.jpeg

Siga a Rua do Souto, fechada para trânsito de carros, cheia de comércio, e vá até a próxima parada, o Jardim de Santa Bárbara e o Paço Arquiepiscopal, um belo jardim numa ala medieval conservada de uma construção dos séculos XIV e XV.
5F1B949C-0C32-45F6-9E18-A34A14412DFD.jpeg
(PAÇO ARQUIEPISCOPAL)

A próxima parada do roteiro é a majestosa Sé de Braga. A Igreja, também conhecida como Santa Maria de Braga.
A Rua Dom Paio Mendes, uma das que leva a entrada da igreja, é um dos ‘points’ de bares e movimentação noturna em Braga.
50730F5B-B63D-4A31-8937-CB80B0B05C6F.jpeg

O Arco da Porta Nova, uma construção de 1773 que marca uma das entradas dos muros da cidade – “nova” porque substitui uma porta mais antiga, do período medieval.
898AB5F9-465C-4523-9872-46F6A3751F0C.jpeg
(ARCO DA PORTA NOVA)

Do outro lado do Arco fica o Campo das Hortas, outro jardim muito simpático e que rende boas fotos.
Também por ali está o Jardim da Casa dos Biscainhos e o Museu dos Biscainhos – focado em artes decorativas do período que vai entre o século 17 e meados do século 19. A entrada nos jardins, que são fechados por muro, é gratuita, mas é preciso respeitar os horários de abertura, que fecham para o almoço: de 10h às 12h30 e de 14h às 17h30.
9DA82268-6D6A-4D0C-8AE1-B9D2E4558F70.jpeg
(CAMPO DAS HORTAS DE BRAGA)

Se você vem morar em Braga pensando em estudar, os melhores bairros são os que ficam próximos à Universidade do Minho, são eles: São Victor e Gualtar.
Porém, se você quer um lugar mais sossegado, o bairro de Lamaçães pode ser o mais indicado, apesar dos preços dos aluguéis serem mais altos. Agora, se você gosta de estar no centro, no agito dos eventos e é uma pessoa participativa, os bairros mais indicados são os de São José de São Lázaro, São João do Souto, Maximinos, Sé e Cividade.
7489FA78-0105-4235-BE87-000E3DEA5211.jpeg

Para quem pretende morar em Braga, aqui está um dos fatores muito importantes a serem levados em conta: o custo de vida.

Considerada uma das cidades mais baratas para se viver em Portugal, Braga tem um custo de vida baixo em relação a outras cidades portuguesas como o Porto e Lisboa, e muito baixo se comparada a outras cidades europeias. O que se assemelha um pouco às duas cidades é o quesito alimentação, já que os preços nas principais redes de supermercado costumam ser padrão.
86E08C9A-43CD-4919-8EC3-945889DAE3B2.jpeg

Os gastos com luz, água, gás, TV a cabo e internet giram em torno de 160€ por mês para um casal.

Na saúde, os custos caem consideravelmente quando o PB4 é apresentado. Uma consulta de emergência tem o custo de 20€, já com o médico de família custa 5€.

Um apartamento de dois quartos tem um custo de aluguel mensal médio de €350.
Quem está na cidade para estudar consegue alugar um quarto por 150€, isso geralmente com as despesas já incluídas. Por ter uma demanda maior de estudantes, é possível, ainda, alugar um apartamento e dividir as despesas com outros alunos, o que torna os custos ainda mais baixos.

A passagem de ônibus custa €1,55 (se comprada antecipada baixa para €0,72). Braga adotou no transporte público, o sistema de “coroas”, ou seja, os ônibus que rodam dentro de um determinado perímetro têm um valor mais baixo. Cada coroa permite usar o sistema de transporte por uma hora, ou seja, pode viajar em qualquer outra linha da mesma coroa no prazo de 60 minutos. O tarifário da cidade está disponível na página dos Transportes Urbanos de Braga.
725C6220-87D5-4CC4-AA3C-898B902CEE72.jpeg

Um jantar para duas pessoas em um bom restaurante pode sair por €25 com bebida, sobremesa e café. Além disso, os custos mensais com água e energia para um casal beiram os €80.
76DBDDD7-1A06-428D-9A21-8CACB4B74994.jpeg

O custo de vida, os excelentes serviços de educação e saúde, a integração social, o acolhimento de estrangeiros e a infraestrutura colocam a cidade como uma das melhores em Portugal para se viver ou visitar, especialmente para quem quer sair do eixo Lisboa – Porto.
C468BEEE-8A38-4A40-9CFF-8052CC4AC416.jpeg

A oferta de trabalho em Braga é menor se comparada a Lisboa ou Porto, mas a cidade abriga algumas empresas importantes que garantem um bom leque de vagas. As áreas de engenharia civil, tecnologia, indústria, turismo e têxtil oferecem boas oportunidades de emprego. As tradições religiosas também empregam muitas pessoas, já que a cidade é famosa pela produção de imagens e sinos.
693A39BF-EBE8-4E71-94CA-A7D39CBDA45D.jpeg

O Palácio do Raio, um palacete barroco, todo azul, construído também em meados do século 17, que foi recentemente restaurado. É possível só admirar a bela fachada ou entrar no local, onde hoje funciona o Centro Interpretativo Memórias da Misericórdia de Braga.
ACB6FF96-112F-4283-8D01-285CE4EEDDA8.jpeg
(PALÁCIO DO RAIO EM BRAGA)

A atração mais famosa da cidade, o Santuário de Bom Jesus do Monte. O Santuário fica no alto de uma colina, em volta de uma mata. Minha sugestão é que você suba de funicular, que funciona com um sistema de contrapeso de água (custa 2,50) e desça, mais tarde, pelas famosas escadas. A entrada no Santuário é gratuita.
550E6F5D-CA12-4887-A2AE-4AC967F4FC94.jpeg
(SANTUÁRIO DE BOM JESUS DO MONTE)

GASTRONOMIA – FRIGIDEIRAS
824C5EF5-EE84-4505-A773-20905F6E2D98
As Frigideiras são um prato típico da cidade de Braga e a visita a esta província Minhota requer paragem obrigatória para esta experiência gastronômica.
A casa “Frigideiras do Cantinho” surgiu em 1796 e dentro do gênero, é uma das casas mais antigas de Braga. As famosas frigideiras surgem e são comercializadas em Braga desde então.
Porém, como Portugal é o país das sopas, vou deixar aqui uma receita de sopa !

RECEITA DE UM PRATO TÍPICO DE BRAGA – CALDO VERDE
D1D66974-3462-46D7-A668-ABBCBA49171F

INGREDIENTES:

– 2 lts de água

– 2 linguiças (paio, calabresa, portuguesa) cortadas em rodelas

– 5/6 batatas médias

– 1 cebola

– 2 dentes de alho

– 150 ml de azeite

– couve picada (1 bandeja)

– sal e pimenta do reino a gosto

PREPARAÇÃO:

Em uma panela untada com um pouquinho de azeite, leve as rodelas de linguiça ao fogo, até elas ficarem tostadinhas. A própria linguiça libera gordura enquanto frita. Retire a linguiça e reserve. Nessa mesma panela, ainda com a gordura da linguiça, refogue a cebola e acrescente os dentes de alho amassados.
Quando começar a ficar douradinho, acrescente a água, o sal, as batatas e o azeite. Deixe ferver até que a batata fique bem macia.

Em seguida, processe tudo com o mixer e leve tudo ao liquidificador. Ou ainda, amasse tudo no espremedor de batatas. (Passando no mixer ou no liquidificador fica um creme mais lisinho, já no espremedor de batatas, vão ficar uns gruminhos da batata. Depende do gosto de cada um).

Leve o creme de batata novamente ao fogo e acerte o sal e a pimenta. Acrescente a couve. Deixe ferver por mais cinco minutos. Acrescente a linguiça e está pronto. Sirva bem quente.

RECEITA DE UM DOCE TÍPICO DE BRAGA: LEITE-CREME

Braga é uma cidade onde abundam os doces conventuais que, cheios de ovos e açúcar, nos deixam inevitavelmente com água na boca.
4AC1901D-C0BB-4155-90B2-96B3BCD355BD.png
Trago aqui, uma receita imperdível: Um creme de leite com um aroma divino a canela, limão e açúcar queimado, que enche a casa e faz recordar a infância. De origem incerta, faz uma ótima sobremesa (ou até mesmo lanche) e é servido em grande parte dos restaurantes mais tradicionais. Semelhante ao Crème Brûlée francês e ao Crema Catalana espanhol.

INGREDIENTES:

1 lt leite
200 g açúcar
60 g farinha maisena
8 gemas
1 casca de limão
1 pau de canela
açúcar em pó para polvilhar

PREPARAÇÃO:

Leve ao fogo o leite com o pau de canela e a casca de limão e deixe ferver. Retire do fogo e reserve.
Numa tigela, bata o açúcar com a farinha, a maisena, junte as gemas e bata novamente. Adicione depois o leite em fio, mexendo sempre muito bem. Leve novamente ao fogo, mexendo sempre até engrossar. Retire do fogo e retire o pau de canela e a casca de limão.
Distribua o creme por taças e deixe esfriar. Na hora de servir, polvilhe com um pouco de açúcar em pó e queime com um maçarico culinário.

ATÉ BREVE, LINDA BRAGA !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s